Edição Especial | Conferência Anual do CEBC

A Conferência Anual do CEBC de 2021, intitulada “A China em Movimento e o Futuro da Relação Bilateral”, reuniu especialistas do Brasil, da China e dos Estados Unidos para discutir as mudanças em curso no país asiático e as perspectivas para a relação sino-brasileira. O evento foi realizado em formato virtual e contou com patrocínio da Vale.

Conclusões da Conferência Anual de 2021

Produtos tradicionais em que o Brasil compete com grande eficiência, como os do agronegócio e as commodities minerais e energéticas, continuarão a ter um grande mercado na China

A centralidade da pauta ambiental no contexto internacional gera novas oportunidades de parcerias e cooperação entre Brasil e China, entre as quais o combate às mudanças climáticas, a descarbonização e a economia verde

O Brasil deve avançar na eletrificação de sua frota de veículos, buscando possibilidades de cooperação proporcionadas pelo avanço da China nesse setor

O hidrogênio verde é um potencial de exportação para o Brasil nos médio e longo prazos

O setor privado tem um papel de protagonismo no desenvolvimento de práticas sustentáveis e na adoção de fontes renováveis de energia

Pequim está ampliando objetivos políticos e estabelecendo um novo modelo de crescimento econômico, baseado no aumento do peso da demanda doméstica em relação à internacional (dupla circulação) e no conceito de prosperidade comum

A China busca autossuficiência em ciência e tecnologia

A economia chinesa continuará a experimentar mudanças para a conquista dos objetivos econômicos de dupla circulação e prosperidade comum

Português English 中文

Artigos relacionados