Abertura da China é boa, e Brasil deve ter cautela, diz ex-assessor de Obama

Folha de S. Paulo | Luiz Augusto de Castro Neves, presidente da seção brasileira do Conselho e embaixador na China (2004-2008), disse no evento que o Brasil precisa fazer seu dever de casa e criar um ambiente regulatório que atraia investimento, e não apenas o chinês.

Acesse a matéria

Artigos relacionados